QUEENSTOWN

Conheça um pouco do que te espera em Queenstown, na Nova Zelândia!

Queenstown é conhecida como a capital mundial dos esportes radicais e a capital dos esportes de inverno da Nova Zelândia. Então, já sabe: se você quer viver um intercâmbio com muita adrenalina, esse é o lugar certo pra você!

A cidade tem pouco mais de 20 mil habitantes e fica às margens de um lago cristalino – o Lago Wakatipu – cercado de montanhas. As belezas naturais nos seus arredores e as inúmeras ruas para pedestres dão a Queenstown um clima aconchegante de cidade pequena.

Lá, o ritmo de vida é bem tranquilo e seus habitantes são super hospitaleiros. Mas a cidade também não deixa de ter seu agito, afinal, são quase 3 milhões de turistas passando por lá todos os anos! A maioria dos visitantes vai em busca de atividades ao ar livre, ligadas aos esportes e trilhas – além, é claro, de estarem em busca de paisagens de tirar o fôlego. Não é à toa que fotógrafos famosos como Trey Ratcliff decidiram se mudar pra lá, ou que Peter Jackson tenha escolhido a cidade como locação para representar a terra média em O Senhor dos Anéis e The Hobbit.

Com um cenário cinematográfico desses, você não tem desculpa para não explorar os outdoors da região. São inúmeras as opções de parques nacionais e trilhas na cidade, que podem te levar a caminhadas curtas, caminhadas de um dia inteiro ou até mesmo de vários dias. Também dá pra explorar a região fazendo trilhas de bike ou até a cavalo.

E claro, não se esqueça dos esportes radicais, que dão fama à cidade. Rafting, skydiving, paragliding, paraquedismo e bungee-jump estão no topo das atividades procuradas pelos visitantes. E uma curiosidade sobre Queenstown: foi lá que nasceu o bungee-jump como prática de esporte, em 1988! É óbvio que essa não pode ficar por fora do seu roteiro quando você for pra lá, não é mesmo?

No inverno, a grande atração são as pistas de esqui e snowboard. Eles têm quatro pistas principais: Cadrona Alpine, Coronet Peak, The Remarkables e Treble Cone. A temporada vai de junho a outubro, quando os alpes ficam completamente revestidos de neve, em contraste com os lagos límpidos e reluzentes. As pistas de esqui em geral são bem tranquilas, com trechos tanto para esquiadores iniciantes quanto os mais experientes.

🗺️Clique aqui e saiba mais sobre intercâmbio na Nova Zelândia

 Informações Gerais sobre Queenstown

  • Fuso horário: 12 horas à frente do Brasil
  • Língua oficial:  Inglês e Maori
  • Moeda: Dólar neozelandês
  • População: Cerca de 28 mil habitantes
  • Permissão de Trabalho: Sim

 Principais pontos turísticos

  • Milford Sound
  • Lago Wakatipu
  • The Remarkables
  • Queenstown Gardens
  • Coronet Peak
  • Lago Wanaka

 Visto

Para cursos com menos de 3 meses, o visto aplicado é o de turista (não é permitido trabalhar) e sua aplicação é realizada na entrada no país, no aeroporto. Para cursos superiores a 3 meses, o visto aplicado é o de estudante e a permissão de trabalho pode ser concedida de acordo com a escola escolhida. A aplicação desse visto deve ser feita no Brasil com no mínimo 60 dias de antecedência.

 Trabalho

É possível trabalhar até 20 horas semanais durante o período de aulas, se você vai estudar por um período maior que 14 semanas. Durante as férias, você pode trabalhar em período integral, mas para isso é preciso estar matriculado em um curso de graduação superior a 12 meses. Por ser uma região turísticas, as ofertas de trabalho rolam durante o ano todo.

 Clima

As temperaturas de Queenstown são ligeiramente mais baixas que a média do restante da Nova Zelândia. No inverno, as temperaturas ficam entre 5ºC e 15ºC, e no verão a temperatura sobe para uma média de 22ºC. Em todo caso, mesmo no verão vale a pena levar um agasalho na mochila – mas também não se esqueça do protetor solar, já que o sol por lá é bem forte.

Ficou interessado? Então vem conhecer mais sobre a Nova Zelândia aqui.

Comentários