O início de ano acadêmico é uma época em que muitos estudantes estão se mudando para a Irlanda para estudar ou trabalhar, e por isso estão em busca de acomodação. No momento, a capital Dublin vem sofrendo uma gigantesca crise por não conseguir atender toda a demanda de estudantes, que cresce a cada ano. Isso resulta em aluguéis cada vez mais caros. A tendência é que isso continue, e a previsão é que o número de estudantes cresça em torno de 25% até o ano de 2020.

Apesar da maioria das escolas oferecerem homestay (a famosa acomodação em casa de família) ou a residência estudantil por preços em torno de 220 euros por semana, estudantes que querem trabalhar e estudar na Irlanda por um longo período de tempo preferem encontrar apartamentos mais baratos – em sites como www.daft.ie, por exemplo.

Mas a questão da alta demanda x pouca acomodação tem resultado no aumento de operadores no mercado e muitas informações erradas espalhadas para os estudantes. Para você não cair em nenhuma roubada, acompanhe nosso guia para encontrar acomodações seguras na Irlanda e evitar fraudes.

🗺️Quer fazer intercâmbio? Clique aqui e a gente te ajuda!

Golpe #1 – Pagamento adiantado em dinheiro

Nesse caso, você visita o apartamento desejado e conhece o locador. O locador, então, pede que você faça o depósito do aluguel com um mês de antecedência (que pode ser de até 1600 euros), pago em dinheiro. Você segue as instruções, recebe as chaves e no dia seguinte percebe que elas não funcionam – e que você pagou o aluguel de um mês para um falso locador.

Golpe #2 – Locador no exterior

Alguns locadores afirmam que não moram no país e que alugam seus apartamentos enquanto está vazio. Usando o modelo do Airbnb, eles então requerem que o dinheiro seja transferido para a conta deles (normalmente no exterior) e enviam um convite para conhecer os “agentes” do apartamento.

Golpe #3 – Acomodação ilegal ou muito apertada

Há muitos casos de locadores que alugam apenas as beliches e você é obrigado a pagar em dinheiro. Em vários casos, no entanto, há somente um chuveiro, uma cozinha, poucos acessórios para cozinha e condições precárias de convivência. Muitas vezes, você só recebe seu dinheiro caução de volta depois de encontrar um novo locatário substituto. E assim os locadores legitimam essa prática de viver na pobreza.

Como evitar sofrer golpes

  1. Se você suspeita que algo estranho está acontecendo, fale com seu professor ou peça para ele ligar para o número do locador. Como a maioria das pessoas que procuram esse tipo de acomodação são estrangeiras e não conhecem a legislação, estão mais vulneráveis a golpes. Se um irlandês ligar, é provável que eles desliguem o telefone na hora.
  2. Se é muito bom pra ser verdade, então provavelmente não é verdade. Há uma infinidade de agências no Facebook e por toda a internet oferecendo os melhores acordos, mas quando você clica na foto, eles são completamente diferentes da foto e às vezes nem mesmo existem no Google.
  3. Nunca realize pagamentos online e sempre visite o apartamento antes de assinar o contrato.
  4. Use o www.threshold.ie (housing rights authority) para denunciar, se você tem dúvida sobre a veracidade do imóvel. No daft.ie, você pode clicar em “Report Ad” sempre que tiver problemas.

🗺️Quer fazer intercâmbio? Clique aqui e a gente te ajuda!

Comentários