Intercâmbio: De filho para pai!

O intercâmbio vai muito além de uma viagem...

O Gustavo decidiu fazer Intercâmbio na Nova Zelândia por 5 meses e convidou seu pai, Carlos de 53 anos, para visitá-lo no final do seu intercâmbio. E o Carlos conta um pouquinho para nós sobre essa experiência incrível com seu filho e a aventura que passaram juntos: jetboat com corredeiras e direito a mergulho no rio, passeios pelas paisagens onde foram gravadas cenas de Senhor dos Anéis e Wolverine, salto de bungeejump no Nevis, tirolesa, choque de cultura na Tailândia, templos budistas e meditação, entre outras histórias.

A viagem em si demorou pelo menos um ano de dúvidas e avaliações se era o que realmente o Gustavo queria. Quando ele decidiu realmente fazer o intercâmbio ficou então a dúvida de qual cidade seria, pois, o país já estava decidido, Nova Zelândia! 🐑

Como estávamos procurando qual seria a cidade de intercâmbio, o Gustavo entrou em contato com a Global Study Tatuapé. Neste dia eles estavam com o coordenador da escola SLEC, e ele pode tirar algumas dúvidas do Gustavo para que pudesse escolher a melhor cidade para o estudo, e então ele optou por Queenstown.

Nessa decisão houve um pouco de influência de minha parte também, pois quando fiquei sabendo das opções de lazer que há nessa cidade achei incrível!

Eu apenas peguei uma “carona” nesse embarque. A língua inglesa eu sei menos que o básico rs. Combinamos então que no final do curso eu iria encontrá-lo e iríamos viajar pela Nova Zelândia, ele seria meu intérprete. Isso talvez tenha dado um incentivo a mais porque criou uma certa responsabilidade para ele, que teria que estar fluente na língua inglesa.

Antes de chegar em Queenstown, ele já tinha feito um roteiro comprado. Ficamos 5 dias e começamos uma viagem saindo de Queenstown para Auckland de carro. Viajamos por 8 dias… Várias paisagens incríveis! Passamos pelos glaciais, praias… Depois fomos a Tailândia e ficamos 12 dias viajando por Chiang Mai,Chiang Rai, Triângulo do Ouro… O tempo fica curto com tantas atrações para se ver.

 

Essa e outras histórias são exemplos do que uma experiência de intercâmbio pode trazer. Nessa aventura, o Gustavo redescobriu o relacionamento com seu pai e os dois se tornaram ainda mais íntimos. A amizade e confiança só cresceram após os 30 dias de aventura.

 

 

 

 

Comentários